Há mais uma baixa no Novo Banco: Maria Antónia Saldanha apresentou esta quinta-feira a demissão, dois meses depois de ter assumido o departamento de comunicação.

Stock da Cunha: «O nosso mandato é criar valor»

«Face aos recentes acontecimentos, à clarificação dos objetivos estratégicos para o futuro do Novo Banco e na sequência da entrada em funções de um novo conselho de administração, considero que é natural e devido apresentar a V. Exa a minha demissão com efeitos imediatos», disse Maria Antónia Saldanha na carta de demissão, enviada ao presidente do Novo Banco, Eduardo Stock da Cunha e citada pelo Expresso.

A responsável entrou no BES a 14 de Julho, na «mudança de liderança da instituição e, sobretudo para, com a maior urgência, assegurar a gestão da crise», escreve.

Segundo o jornal, e apesar de não serem ainda conhecidas as novas diretrizes para a comunicação, Paulo Tomé mantém-se na equipa, onde trabalha há vários anos. Além da solução interna, o Novo Banco deverá agora trabalhar com a agência de comunicação FL Consulting, de Francisco Lucena, que já esteve a trabalhar com Eduardo Stock da Cunha nos últimos dias.

Maria Antónia Saldanha era assessora de confiança pessoal de Vítor Bento há vários anos. Trabalhou com o responsável na SIBS e acompanhou-o na mudança para o BES.

Esta quarta-feira, dia em que os novos administradores entraram em funções, o Novo Banco informou que Jorge Martins, João Freixa, João Mello Franco e Miguel Rio-Tinto renunciaram aos cargos de membros do conselho de administração.