O lucro da Jerónimo Martins subiu 10,5% no ano passado, face a 2014, para 333,3 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira a dona da cadeia de supermercados Pingo Doce.

O EBITDA fixou-se em 800 ME no ano passado, face à previsão de média de 790,5 ME.

Já no quarto trimestre de 2015, em termos homólogos, o lucro da retalhista disparou 25,5% para 81 milhões de euros (ME), embora aquém do previsto, com um forte desempenho operacional apesar do contexto deflacionista na Polónia, anunciou a empresa em comunicado.

A número dois do retalho nacional e líder do retalho alimentar na Polónia adiantou, em comunicado, que as vendas subiram 6,1% para 3.553 milhões de euros entre Outubro e Dezembro de 2015, em termos homólogos.

Adiantou que o EBITDA avançou 14,2% para 212 ME no quarto trimestre comparado com o ano anterior.

Uma poll de nove analistas consultados pela Reuters apontava, em média, para um lucro líquido de 85 ME e um EBITDA de 203 ME.

No conjunto dos doze meses de 2015, a JM registou um lucro de 333 ME, comparado com uma estimativa média de 337,5 ME na poll, e 302 ME em 2014.