O primeiro-ministro mostrou-se, esta segunda-feira, confiante de que as taxas de juro da dívida pública portuguesa vão continuar a baixar nos próximos tempos. Pedro Passos Coelho sublinhou a importância de os portugueses manterem a determinação «para vencerem as dificuldades» e mostrarem-no a quem tem manifestado confiança na economia portuguesa.

De acordo com a Lusa, o chefe do Governo falava em Tondela, na cerimónia de inauguração do novo complexo logístico da empresa farmacêutica Fresenius Kabi.

«Essa confiança está expressa no nível de risco que está bem espelhado nas taxas de juro da dívida pública portuguesa e que hoje finalmente baixaram dos 5% a dez anos, e esperemos que continuem a baixar nos tempos mais próximos», sublinhou.

Passos Coelho referiu que «o nível de risco medido através das taxas de juros da dívida pública tem caído consideravelmente», mas o nível de confiança medido através dos investimentos que são feitos na economia portuguesa «expressam um compromisso de futuro com o crescimento em Portugal».

«É sabido que no final deste período de assistência continuaremos a ter um nível de desemprego muito elevado, um fenómeno que nos tem de preocupar de sobremaneira e que exige ação estratégica», admitiu.