O Instituto Nacional de Estatística confirmou esta terça-feira que a recessão em 2013 foi de 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB), mas calcula que o crescimento no quarto trimestre do ano passado foi ligeiramente mais alto que o anteriormente estimado.

De acordo com o INE, o crescimento verificado no quarto trimestre de 2013 terá sido de 0,6% quando comparado com o trimestre anterior, sendo que a 14 de fevereiro estimativa que o PIB deste trimestre tivesse crescido 0,5%.

O INE revê também em alta em uma décima o crescimento verificado quando se compara o último trimestre de 2013 com o último trimestre de 2012, e diz agora que o PIB terá crescido 1,7% e não 1,6%.