O presidente da Fitch Group, Paul Taylor, anunciou esta terça-feira que a agência de notação financeira vai reavaliar o rating de Portugal a 11 de abril, mas afirmou ser cedo para falar numa subida da nota atribuída ao país.

«Ainda é muito cedo para falar numa subida do 'rating' [avaliação]», disse o responsável, apesar de sublinhar que Portugal está a caminhar na direção certa.

O presidente da Fitch Group falava na Conferência The Lisbon Summit, organizada pela revista «The Economist», que decorre hoje e na quarta-feira no Hotel Cascais Miragem.

Paul Taylor anunciou que a agência vai reavaliar o rating de Portugal a 11 de abril, mas adiantou que a Fitch «não poderá continuar a manter Portugal com a avaliação de 'BB+', se as perspetivas (outlook) mudarem».

O responsável defendeu ainda que Portugal deve optar por um programa cautelar, quando o atual programa de assistência financeira terminar, em maio.