O presidente da Comissão Europeia disse esta sexta-feira que apesar de «conversas sobre diferentes hipóteses» não estão a decorrer quaisquer negociações sobre um eventual programa cautelar, depois do fim do mandato da troika.

«Não há neste momento qualquer negociação de um programa cautelar com Portugal. Há conversas sobre diferentes hipóteses mas o que é importante é que Portugal conclua com êxito o programa de ajustamento que foi acordado com os países e instituições europeia», disse, citado pela Lusa.

Durão Barroso foi questionado sobre a negociação de um eventual programa cautelar durante uma conferência de imprensa conjunta com o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, na sede do Governo em Madrid.

Em resposta Barroso afirmou que Portugal «está no bom caminho» o que, disse, se evidencia nas últimas emissões de dívida que demonstram «estar a haver mais confiança nos países periféricos».

«Portugal está a pagar hoje nas emissões valores semelhantes aos que pagava antes da crise. É possível a Portugal concluir com êxito o programa de ajustamento mas não estamos a negociar qualquer programa cautelar», disse.