Uma delegação de 33 empresários de Macau vai deslocar-se a Portugal na próxima semana para explorar oportunidades de investimento e promover a cooperação entre associações dos dois territórios, disse um dos participantes à agência Lusa.

Os empresários, com negócios em áreas como a construção, imobiliário, retalho, joalharia e importações, são membros da Associação dos Jovens Empresários de Macau, Federação Industrial e Comercial das Ilhas de Macau, Federação da Indústria e Comércio de Macau - Distritos Centro e Sul e da Associação Industrial e Comercial da Zona Norte de Macau.

Esta deslocação a Portugal, entre os dias 24 e 29, pretende «promover e reforçar a cooperação entre as associações comerciais e empresariais, recolher mais informação sobre o visto gold e explorar oportunidades de negócio», apontou o empresário Lino Ho, que lidera a comitiva, salientando que as «relações entre Macau/China e Portugal são de longa data e firmadas em laços de amizade».

«Queremos especialmente saber mais sobre o visto gold para depois transmitirmos essas informações a investidores chineses, porque Macau é uma ponte entre a China e os países de língua portuguesa, e vamos também explorar oportunidades de investimento e importação de produtos alimentares portugueses também para ajudar a economia portuguesa nesta fase difícil», disse à Lusa.

Lino Ho indicou que Macau poderá importar produtos alimentares portugueses, que poderão ser enviados, a partir da Região Administrativa Especial chinesa, para a China, «que é um mercado muito maior e onde há preocupações com a segurança alimentar, podendo os produtos portugueses ajudar a atenuar esta situação».

A delegação empresarial de Macau vai participar num seminário organizado pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa sobre o visto gold, o ambiente de investimento e as relações comerciais com Macau.

Os empresários da Região Administrativa Especial chinesa vão deslocar-se a São João da Pesqueira a convite do presidente da Câmara, José Tulha, e visitar algumas quintas e adegas da região, estando agendado um encontro com produtores e fornecedores de vinho.

Uma vez que alguns membros da delegação pertencem à Associação dos Jovens Empresários de Macau, está previsto um encontro com a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e um evento para troca de contactos, experiências e potenciação de negócios.