mais certo é que o acordo final

as próximas horas são cruciais