parlamento grego aprovou

Apesar dos credores internacionais da Grécia terem afirmado que acreditam que as últimas propostas de reformas do executivo de Atenas são suficientemente positivas para permitirem um novo resgate, alguns dos ministros europeus parecem não estar de acordo. 


"O plano é mais fraco nalguns pontos do que aquilo que devia ser” (...) Muitos governos, incluindo o meu, estão preocupados com a implementação de reformas”


“chave” para um acordo

“claramente vontade do lado grego”

emodelação do governo grego.


"Há a questão da confiança. Podemos confiar que o governo grego vai fazer o que se propõe? Têm de ouvir as instituições e mostrar que estão comprometidos a implementar [as reformas]", sublinhou  Dijsselbloem, citado pela Reuters.


submetida a aprovação parlamentar