Cerca de metade dos empresários em regime de franchising apenas está a atingir o retorno do investimento efetuado num prazo mais longo que o previsto, sendo que apenas 7,8% superaram as expetativas iniciais. Os dados constam do estudo encomendado pelo Instituto de Informação em Franchising, citado pelo Jornal de Negócios.

O inquérito foi realizado a cerca de 600 empresários mostra que o fator que melhor avaliam é o apoio do franchisador na montagem do negócio. O apoio à gestão no quotidiano é o tema que merece mais críticas dos empresários.

A consultoria na área financeira, limpezas ou gestão de condomínios representam atualmente 60% do universo total dos negócios. O comércio pesa agora 31% do total, seguido da restauração (9%).