O índice de produção na construção caiu 8,1% em agosto face ao mesmo mês do ano anterior, enquanto os índices de emprego e de remunerações diminuíram 4,3% e 3,9% respetivamente, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), nota a Lusa.

Esta queda foi, no entanto, inferior à do mês anterior, de 9,4% face a julho de 2013, assim como no emprego e nas remunerações (quedas de 5,1% e 1,9%, em julho).

O INE salienta que a variação menos negativa da atividade da construção em agosto foi comum aos dois segmentos: a construção de edifícios e engenharia civil com variações homólogas negativas de 6,7% e 10,1%, respetivamente (melhor que as quedas de 7,8% e 11,8% em julho).