As exportações portuguesas sofreram uma quebra de 10,5% em novembro face ao mês anterior, segundo dados publicados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística.

Segundo o INE, esta diminuição acentuada acontece em resultado da evolução do Comércio Extra-UE (reflexo da redução registada na totalidade dos grupos de produtos, em especial nos Combustíveis minerais, Máquinas e aparelhos e Veículos e outro material de transporte).

Também as importações diminuíram 10%, sobretudo devido ao Comércio Intra-UE (em especial, resultado da evolução dos Combustíveis minerais, Veículos e outro material de transporte e produtos Químicos).

Relativamente ao trimestre acabado em novembro, as exportações de bens diminuíram 0,4% e as importações de bens cresceram 2,8% face ao mês homólogo.