O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, deverá reunir-se esta quinta-feira com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em mais um esforço para encontrar uma solução para o país, à beira do incumprimento.

O encontro – ainda não oficialmente confirmado – deverá acontecer à margem da II cimeira União Europeia - América Latina e Caraíbas, em Bruxelas, nota a Lusa.

Na quarta-feira, Tsipras esteve reunido com os líderes da Alemanha, Angela Merkel, e da França, François Hollande, não tendo estes prestado quaisquer declarações sobre o encontro.

Hoje, à entrada para a cimeira, a chanceler alemã, deu conta da vontade do Governo de Atenas de trabalhar para se chegar a um acordo rapidamente.

“Há uma vontade de trabalhar com as três instituições (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) e temos que a aproveitar”, sublinhou Merkel.


Em causa continua a estar um acordo entre Atenas e os seus credores internacionais em torno das reformas com as quais o governo de Tsipras se deve comprometer para ter direito ao desembolso de 7,2 mil milhões de euros, uma tranche da assistência financeira suspensa há meses.

A Grécia enfrenta problemas de liquidez e vai ter de pagar perto de 1,6 mil milhões de euros ao FMI a 30 de junho.