Germán Efromovich quer travar a privatização da TAP. Segundo o Diário Económico, o candidato preterido no processo deverá avançar nos próximos dias com uma impugnação do processo, tanto nos tribunais como na Comissão Europeia.

O empresário fundamenta a decisão na manutenção da garantia da Parpública, face à dívida da TAP, e no facto do consórcio Gateway ter sido aceite numa altura em que já se sabia que não respeitava o regulamento comunitário.

Está não é a primeira vez que Efromovich recorre a Bruxelas para contestar o processo de privatização da TAP: a primeira reclamação foi enviada a Autoridade Nacional da Aviação Civil.