São apenas três as autarquias que vão aumentar o IMI em 2016: Aveiro, Felgueiras e Mourão. Há ainda 46 câmaras municipais que vão mesmo baixar a taxa, mesmo que sejam apenas algumas décimas.

Segundo o Jornal de Negócios, em 84% dos municípios as taxas de IMI vão manter-se iguais no próximo ano, 44% das autarquias cobra a taxa mínima de 0,3%.

As taxas máximas de 0,5% aplicam-se apenas em 31 das 308 câmaras portuguesas, e são em regra autarquias com problemas financeiros que aderiram ao programa de apoio à economia local.

Para 2016, 71% dos municípios decidiu ainda o desconto no IMI a famílias com filhos.