As três maiores imobiliárias presentes em Portugal - RE/MAX, ERA e Century 21 - registaram um crescimento de dois dígitos nas vendas de imóveis no primeiro semestre de 2015 e acreditam que esta tendência é para manter até ao final do ano.

Segundo o Diário Económico, no total, as três imobiliárias foram responsáveis pela venda de 12.870 imóveis, gerando um volume negócios transacionado de 1,53 mil milhões de euros. 

A melhoria da confiança dos portugueses na economia, a disponibilidade da banca para a concessão de crédito à habitação e o aumento do investimento são os fatores que fazem com que tenha sido possível atingir estes resultados.

A Remax registou um crescimento de 17% nos primeiros seis meses do ano, gerando um volume de negócio de 856 milhões com a transação de seis mil imoveis.

A ERA vendeu quatro mil casas por 513 milhões, um crescimento de 36% na faturação. A Rede Century 21 realizou 2.870 transações, mais 31%, com um valor que ultrapassa os 197 milhões.