A zona euro começou hoje a recapitalizar o sistema bancário grego, com o anúncio da transferência de 2,72 mil milhões de euros para o Banco do Pireu, segundo um comunicado do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MES).

"Reforçar a estabilidade do setor bancário era um objetivo chave do terceiro programa de assistência financeira à Grécia", declarou Klaus Regling, líder do MES, o fundo da zona euro criado em 2012 para apoiar financeiramente os Estados-membros que tenham problemas de financiamento.

"Bancos fortes vão poder de novo conceder crédito às empresas gregas e apoiar a recuperação económica", acrescentou.