A lista de devedores à segurança social está indisponível para consulta há quase dois anos, revela o Diário Económico.
 
O Governo assume que não está a cumprir a lei da publicação da lista, justificando o facto com dificuldades de atualização dos devedores.
 
A lista deixou de estar disponível há 22 meses, desde agosto de 2013. O Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social justifica esta indisponibilidade com a grande dinâmica dos processos de cobrança de dívida que em alguns casos até incluem pagamentos a prestações.
 
São três os institutos envolvidos na gestão da informação dos devedores e antes de poderem ver os nomes publicados, quem deve à segurança social tem primeiro que ser notificado.
 
Tendo isto em conta, o Governo assume que o risco de serem publicados nomes de pessoas que entretanto liquidaram as suas dívidas é bastante elevado.