O ministro da Economia, António Pires de Lima, afirmou esta quinta-feira que a descida da taxa de desemprego para 14,1% é positiva, acrescentando que o Governo mantém uma «grande humildade» perante um nível de desemprego que considera ainda «muito alto».

O Eurostat revelou esta quinta-feira que a taxa de desemprego em Portugal recuou para 14,1% em junho, uma descida de duas décimas face a maio e de 2,5 pontos percentuais face a junho de 2013, a maior queda homóloga na UE.

O governante, que falava à margem da apresentação de um estudo sobre o acordo comercial que está a ser negociado entre a União Europeia e os Estados Unidos, considerou que os «números muito positivos» significam «maior confiança» do setor privado e maior disponibilidade para contratar pessoas, mas acrescentou que o objetivo do Governo é continuar a diminuir a taxa de desemprego.

«É preciso continuarmos com uma atitude de grande humildade porque 14,1% de desemprego é muito melhor do que 17,7%, que era aquilo que tínhamos há 18 meses, mas continua a ser um nível de desemprego muito alto», sublinhou.

Pires de Lima acrescentou que o Governo tem «perfeita consciência e sensibilidade social para perceber que, apesar da enorme melhoria que existiu ao longo do último ano, há muitas pessoas em Portugal que querem trabalhar» e continuam sem encontrar emprego, ficando privadas «de uma parte muito importante da sua dignidade».