A dívida pública portuguesa voltou a aumentar em março. Nesse mês, a subida foi de 1,7 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, anunciou esta segunda-feira o Banco de Portugal em comunicado.

"Em março de 2016, a dívida pública situou-se em 233,0 mil milhões de euros, aumentando 1,7 mil milhões de euros relativamente ao final do mês anterior", revelou a instituição liderada por Carlos Costa.

Esta variação reflete emissões líquidas positivas de títulos (1,4 mil milhões de euros), um aumento das responsabilidades em numerário e depósitos (0,5 mil milhões de euros) e uma diminuição de empréstimos (0,3 mil milhões de euros).

"O aumento da dívida pública foi acompanhado por um aumento menos acentuado dos ativos em depósitos (1,1 mil milhões de euros), pelo que a dívida pública líquida de depósitos da administração central registou um aumento de 0,6 mil milhões de euros face ao mês anterior, ascendendo a 218,6 mil milhões de euros", concluiu.