É mais uma manifestação dos lesados do Banco Espírito Santo, desta vez em Lisboa. Na próxima quinta-feira (27) os lesados do BES vão protestar pelo reembolso do papel comercial frente ao Ministério das Finanças a partir das 11:00, uma manifestação agendada pela Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial e anunciada no seu site.

O último protesto aconteceu na segunda-feira, em Guimarães. O objetivo é o mesmo: reclamar o reembolso do dinheiro investido em papel comercial aos balcões do BES. 

São cerca de 2.500 os clientes do Novo Banco que adquiriram papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES) aos balcões do Banco Espírito Santo (BES) no montante total de 527 milhões de euros que ainda não foram reembolsados - não sendo ainda conhecida solução para este problema. 

A AIEPC tem organizado ao longo dos últimos meses várias manifestações de protesto em várias cidades do país.

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa admitiu no início do mês uma providência cautelar interposta pela AIEPC, que exige que o Banco de Portugal informe o comprador do Novo Banco do montante de papel comercial devido aos cerca de 2.500 subscritores, que ronda os 530 milhões de euros, ou seja, que inclua esse montante como “uma imparidade” nas contas da instituição financeira.