O acesso ao site das Finanças registou muitas dificuldades ao longo da noite desta quinta-feira e, por isso, o Fisco decidiu prolongar até sexta-feira o prazo para as operações que deviam ser efetuadas até à meia-noite.

Assim, os contribuintes têm até sexta-feira para efetuar as seguintes operações: "entrega da declaração periódica de IVA relativa ao 4.º trimestre de 2017", "comunicação e classificação das faturas" e  "comunicação do agregado familiar". 

Informa-se que foram prorrogados até sexta-feira, dia 16 de fevereiro, os prazos para entrega da declaração periódica de IVA relativa ao 4.º trimestre de 2017, comunicação e classificação das faturas e comunicação do agregado familiar”, refere a mensagem divulgada pelas Finanças no seu portal.

Durante a noite, o portal do e-fatura, bem como o portal das Finanças, estiveram em baixa grande parte da noite, o que levou várias pessoas a reclamarem da situação também nas redes sociais.

O prazo para os contribuintes validarem e confirmarem as faturas de 2017 no portal e-fatura, que vão servir de base às deduções em IRS referentes ao ano passado, terminava esta quinta-feira.

Hoje terminava também o prazo para os sujeitos passivos confirmarem ou alterarem os dados sobre a composição do agregado familiar e outros elementos pessoais relevantes, nomeadamente informação sobre residência alternada de dependentes em guarda conjunta estabelecida em acordo de regulação do exercício das responsabilidades parentais, para que a AT disponibilize o IRS Automático ou pré-preencha o 'modelo 3' com estes elementos pessoais atualizados.

Era também o último dia para a entrega do IVA relativo ao quarto trimestre de 2017.