As prestações do crédito à habitação revistas em fevereiro vão descer para os empréstimos com taxas Euribor associadas a três e seis meses, segundo os cálculos feitos para a Lusa pela Deco/Dinheiro&Direitos.

Um cliente com um empréstimo à habitação no valor de 150 mil euros a 30 anos indexado à Euribor a seis meses com um spread (margem de lucro do banco) de 1% pagará 493,00 euros. Este valor significa menos 10,76 euros do que o valor pago desde a última revisão, em agosto.

Quanto a um crédito com valor, prazo e spread iguais, mas em que a indexação é feita à Euribor a três meses, a prestação vai cair para os 486,81 euros, menos 1,39 euros face ao que vinha pagando desde novembro.

As taxas Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.