O Governo anunciou este fim-de-semana descidas extraordinárias no preço da eletricidade e gás natural que terão efeitos só a partir de 2015. No gás natural está em causa uma descida média de 4 a 5% mas que terá uma maior dimensão nas faturas das empresas.

Nas famílias, a descida deverá ser de 3,5% e já só deve ter efeito no próximo ano.

Na eletricidade o Executivo quer avançar com o alargamento da tarifa social a 500 mil famílias de baixos rendimentos, o que poderá beneficiar cerca de 1,5 milhões de pessoas. O desconto passa de 19% a 20% para cerca de 34% face à tarifa normal.

Segundo o jornal i, as duas iniciativas têm um impacto económico de 110 a 120 milhões de euros que será quase todo suportado pelas empresas de energia.