A balança de pagamentos correntes da União Europeia registou um excedente de 35,6 mil milhões de euros no terceiro trimestre, acima dos 30,3 mil milhões de euros observados no mesmo período de 2012, revela sexta-feira o Eurostat.

Segundo a primeira estimativa do Eurostat para o terceiro trimestre de 2013, no conjunto dos 17 países da zona euro verificou-se um excedente de 52,6 mil milhões de euros (2,2% do PIB), um valor que compara com os 43,5 mil milhões de euros (1,8% do PIB) de julho, agosto e setembro do ano passado.

No que diz respeito à balança de pagamentos da União Europeia, o gabinete oficial de estatísticas comunitário menciona que o excedente da conta de serviços sofreu uma redução (de 43 mil milhões de euros para 39,6 mil milhões de euros) e que o saldo da conta de bens passou de um défice de -6,8 mil milhões de euros para um excedente de 1,4 mil milhões.

Já o défice da conta de transferências correntes recuou de -18,5 mil milhões para -16,6 mil milhões, refere ainda o Eurostat.

O gabinete de estatísticas da União Europeia ressalva que estes dados divulgados hoje não são corrigidos de variações sazonais e podem ser revistos.

A primeira estimativa do Eurostat sobre a balança de pagamentos correntes não inclui dados por Estado-membro.

A segunda estimativa do Eurostat é divulgada a 23 de janeiro de 2014.