O indicador do sentimento económico recuou em junho na zona euro e na União Europeia (UE), face aos valores de maio, tendo subido em Portugal pelo quarto mês consecutivo, indicou hoje a Comissão Europeia.

Segundo a mesma fonte, em Portugal o indicador subiu ligeiramente 0,2 pontos para os 102,3, acima da média de longo prazo mas ainda longe do máximo de 116,8 pontos, registados em março de 1998.

Na zona euro, o indicador recuou 0,6 pontos para os 102,0 e na UE desceu 0,1 para os 106,4 pontos.

O indicador é divulgado pela Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia.