Os preços da produção industrial baixaram 1,6% em novembro na zona euro e 1,8% na União Europeia (UE), na comparação homóloga, sendo que em Portugal caíram 1,1%, segundo dados divulgados esta quinta-feira pelo Eurostat.

Portugal mantém assim a tendência de queda dos preços da produção industrial que já vinha acontecendo.

Já comparando novembro com outubro, segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, o indicador recuou 0,3% na zona euro e 0,4% na UE.

Neste caso, na variação em cadeira, em Portugal o recuo dos preços da produção industrial foi de 0,7%, perfazendo o quarto mês consecutivo de queda.

Na comparação com novembro de 2013, verificaram-se quebras nos preços da produção industrial em quase todos os Estados-membros, tendo as mais acentuadas sido observadas na Lituânia (-6,6%), Holanda (-4,5%), Dinamarca (-4,2%) e Reino Unido (-3,8%), enquanto a Roménia (0,5%) e a Bulgária (0,3%) foram os únicos países com aumentos.

Também em novembro face a outubro, a tendência geral foi de queda dos preços da produção industrial, com as maiores baixas na Grécia e em Chipre (-1,4% cada um), Irlanda (-1,3%), Estónia (-1,2%) e Espanha, Lituânia e Holanda (-1,1% cada um).

Apenas a Eslováquia registou um ligeiro aumento (0,3%) e na Alemanha os preços ficaram estáveis.