O Produto Interno Bruto do primeiro trimestre do ano  subiu 0,4%, tanto na zona euro como na União Europeia. Neste caso, vários países registaram descidas. É o caso da Grécia, com uma quebra de 0,2%, a Estónia, que contraiu 0,3%, o Luxemburgo, que desceu 0,6% e a Finlândia, que também caiu 0,1%.

Mas se olharmos para os Estados Unidos da América, verificamos que a Europa conseguiu crescer mais, quando comparados os números com o anterior trimestre: o crescimento do PIB norte-americano foi de apenas 0,1%.

Em relação ao período homólogo, o PIB da zona euro cresceu 1% no primeiro trimestre do ano, . Segundo o Eurostat, o crescimento na EU a 28 foi de 1,4%.Nota negativa apenas para a Finlândia, que registou uma quebra de 0,1%.

No primeiro trimestre do ano, o PIB dos Estados Unidos da América subiu 3%, em relação ao período homólogo.

Em Portugal, segundo o  Instituto Nacional de Estatística, o  PIB aumentou 1,4% no primeiro trimestre do ano, relativamente ao período homólogo. O crescimento em cadeia foi de 0,4%.