O prazo das negociações entre o Sindicato dos Estivadores e os operadores do Porto de Lisboa para um acordo de paz social foi adiado pela segunda vez.

Contactada pela Lusa, o presidente do Sindicato dos Estivadores, António Mariano, disse que o prazo para a conclusão das negociações, que terminava hoje, foi adiado por mais 20 dias.

A próxima reunião está agendada para segunda-feira, 4 de abril.

Esta é a segunda vez que o prazo é adiado, tendo inicialmente sido definido o final de fevereiro, para fecharem um acordo coletivo de trabalho no Porto de Lisboa.

Isto depois de, a 8 de janeiro, os estivadores e os operadores terem chegado a uma base de entendimento, que levou à retirada imediata dos pré-avisos de greve.