A taxa de desemprego em Espanha desceu para 26,26% da população ativa no segundo trimestre, menos 0,9 pontos percentuais do que o valor do primeiro trimestre, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

Em termos absolutos, o número de desempregados baixou em 225.200 pessoas no segundo trimestre para um total de 5.977.500 pessoas.

Comparando a evolução do desemprego deste trimestre com a do mesmo período dos últimos cinco anos anteriores, esta descida foi a maior registada desde 2008, segundo o INE espanhol, citado pela Lusa.

Segundo a Sondagem de População Ativa (EPA) publicada pelo INE, entre abril e junho o número de empregados aumentou 149.000 pessoas para 16.783.800, passando a taxa de emprego para 59,54%.