Manhã de ganhos em toda a Europa com o PSI20 a abrir a sessão a valorizar 0,77%, muito ajudado pelos títulos das energéticas, num dia em que os futuros do barril de petróleo – contratos negociados hoje para entrega futura – estão a subir mais de 1% em Londres e em Nova Iorque.

A Galp ganha 0,99% para 12,7 euros, a EDP cresce 1,35% para 2,925 euros, a Renováveis avança 1,42% para 7,059 euros e a Ren valoriza 1,08% para 2,612 euros.

Na banca, só mesmo o BPI no vermelho, a perder 0,18% para 1,117 euros. O BCP recupera das perdas de ontem, de quase 9%, depois Haitong Bank ter que cortado o preço-alvo do banco e alertado para a possibilidade de necessidade de recapitalização da instituição 3.900 milhões de euros para cobrir provisões e devolução do empréstimo ao Estado. A instituição liderada por Nuno Amado sobe hoje 1,01% para 0,019, ou seja, novamente abaixo dos 2 cêntimos por título.

Sem grande peso no índice mas com elevada valorização, a Pharol. Ontem registou ganhou significativos, acima de 14% e hoje já cresce 8,87% para 0,184 euros. Numa altura em que a brasileira Oi, da qual detém, direta e indiretamente, cerca de 27% continuam a recuperar em bolsa no Brasil, após ter dado entrada com o pedido de proteção contra credores.