Os trabalhadores da ANA Aeroportos de Portugal vão ter um aumento salarial de 1,5% em dezembro, ao abrigo de um acordo entre a administração da empresa e os sindicatos que têm negociado a revisão do acordo de empresa.

De acordo com uma carta enviada esta sexta-feira pelo administrador delegado da ANA, Jorge Ponce de Leão, aos trabalhadores da empresa, o acordo de princípio estabelecido entre as partes envolvidas na negociação «possibilitará que todos os trabalhadores não incluídos na tabela salarial dos titulares de órgãos de estrutura beneficiem, já em dezembro, de uma atualização da correspondente remuneração», que será retroativa a outubro.

Na carta, a que a agência Lusa teve acesso, Ponce de Leão, salienta que o «entendimento de princípio com todos os sindicatos com representatividade na ANA (SITAVA, SQAC, SINTAC e SINDAV)» permitiu as melhorias introduzidas na estrutura remuneratória dos trabalhadores da ANA S.A.

Ao abrigo do acordo, e em complemento aos salários, cuja tabela tem uma atualização de 1,5%, «cada trabalhador passará a auferir uma componente de remuneração variável, o que permitirá a participação dos trabalhadores nos resultados obtidos pela empresa».

Segundo Ponce de Leão, «o cômputo global dos incrementos definidos para as componentes fixa e variável será, em média, para o ano de 2015, de 2,7%».

O compromisso alcançado irá também levar à reformulação de carreiras profissionais.

Em contrapartida a ANA conseguiu a alteração do horário de trabalho de modo a reduzir «uma pequena diferença» existente relativamente ao que é praticado no setor.

«Esta é a razão pela qual os trabalhadores da ANA passarão a incorporar nos respetivos horários diários de trabalho pequenas alterações de duração, que lhes permitirão estar mais próximos da paridade com os restantes trabalhadores do setor, aos quais se aplicam hoje, de uma forma geral, horários de 37 horas semanais», diz o administrador da ANA na carta aos trabalhadores.

Estas serão, segundo a mesma fonte, «as principais alterações incorporadas no novo Acordo de Empresa da ANA, cujo texto final será elaborado logo que possível».