A Oi e a empresária angolana Isabel dos Santos estão de novo envolvidas numa batalha judicial. Segundo o Diário Económico, a empresa brasileira interpôs uma ação em tribunal para exigir o pagamento dos dividendos em atraso na subsidiária angolana Unitel.

Mas os acionistas intentaram uma ação contra a PT Ventures, subsidiária da Oi, alegando que existiu incumprimento do acordo parassocial da Unitel, na sequência da mudança de posição acionista que a PT detinha naquela subsidiária.

A Oi exige o pagamento de 240 milhões de euros em dividendos, relativos aos exercícios de 2010, 2011 e 2012. Só foram pagos, até agora, 63,7 milhões de dólares (cerca de 57 milhões de euros).