Foram 965 os funcionários públicos que, até ontem, tinham pedido rescisão por mútuo acordo do contrato de trabalho. Destes, apenas 255 foram aprovados.

Num balanço do Programa de Rescisões por Mútuo Acordo destinado a funcionários públicos, em vigor desde 1 de setembro, o Ministério das Finanças revela que os restantes se encontram ainda «em fase de tramitação processual».

«O número de pedidos de rescisão manteve-se constate ao longo do primeiro mês do programa, em torno dos 40 pedidos/dia», refere o Ministério em comunicado.

De acordo com a mesma fonte, cerca de 1.200 trabalhadores assistiram às sessões de esclarecimento realizadas pelo país e já foram recebidas mais de 4 mil chamadas telefónicas de trabalhadores pela linha de apoio, sendo a média diária constante acima de 70 chamadas. Para além disso, foram efetuadas mais de 230 mil visitas ao website dedicado ao programa.

O número de acessos ao simulador para cálculo da compensação ultrapassa já os 88 mil.

Recorde-se que o programa de rescisões decorre até 30 de novembro deste ano.