O CaixaBank, que controla 42,6% do BPI, vai fechar 196 delegações em vários pontos de Espanha, numa medida de ajuste da sua rede que afetará 500 funcionários, antes da integração da filial do Barclays em Espanha.

Parte dos funcionários afetados no ajuste da rede serão transferidos para outras agências, segundo as previsões da entidade com sede em Barcelona, na Catalunha, avançam fontes citadas pela imprensa económica espanhola, escreve a Lusa.

O ajuste insere-se no processo de integração da Barclays Bank SAU, que era responsável pela gestão da banca a retalho, patrimónios e banca corporativa da entidade britânica em Espanha, por 800 milhões de euros, foi hoje anunciado.

A operação de compra, anunciada no final de agosto, permite ao CaixaBank reforçar a sua presença em vários pontos de Espanha, incorporando cerca de 550 mil novos clientes, uma rede de 271 delegações (103 só em Madrid) e cerca de 2.400 empregados.

Grande parte dos fechos de delegações previstos (86), será na Catalunha.

No final de junho o CaixaBank contava com 5.695 delegações.