O IGCP anunciou esta sexta-feira a realização, na quarta-feira, de dois leilões de Bilhetes do Tesouro com maturidades de três e 11 meses e montante indicativo global entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

«A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai realizar no próximo dia 18 de fevereiro, pelas 10:30, dois leilões das linhas de Bilhetes do Tesouro [BT] com maturidades em 22 de maio de 2015 e 22 de janeiro de 2016, com um montante indicativo global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões de euros», lê-se no comunicado emitido.

Os últimos leilões de BT, com maturidades de seis e de 12 meses, ocorreram a 21 de janeiro, tendo sido colocados 1.240 milhões de euros às taxas de juro de 0,108% e 0,221%, respetivamente, inferiores às registadas nos anteriores leilões comparáveis.

Em BT a seis meses foram colocados 300 milhões de euros a uma taxa média de 0,108%, abaixo da do anterior leilão comparável, de 0,243%, em julho do ano passado, tendo a procura sido 2,60 vezes superior ao montante colocado, já que atingiu 781 milhões de euros.

Em BT a 12 meses foram colocados 940 milhões de euros a uma taxa de juro média de 0,221%, também inferior à de 0,282% praticada no anterior leilão comparável em dezembro de 2014.

Em relação à procura de BT a 12 meses, esta cifrou-se em 1.870 milhões de euros, 1,99 vezes superior ao montante colocado.

Segundo o calendário disponível no endereço eletrónico do IGCP, estão já agendados para 18 de março dois outros leilões de BT com maturidades de seis e 12 meses e montante indicativo global entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.