O preço das portagens nas antigas Scut vai baixar em 2014, mas vai ser cobrado desde o primeiro até ao último quilómetro sempre que haja alternativa, disse hoje o secretário de Estado dos Transportes.

Sérgio Silva Monteiro, que presidiu esta tarde em Faro a uma sessão pública sobre o plano de infraestruturas consideradas prioritárias para o desenvolvimento económico e social do país, assumiu que a redução do preço das portagens nas vias Sem Custos para o Utilizador (ex-scut) ia ser concretizado ainda este ano de 2014, mas escusou-se a concretizar a partir de que data.

«O preço médio por quilómetro deve ser reduzido em função da zona onde essa cobrança está a ser feita» e «sempre que haja uma alternativa, nós consideramos que deve ser cobrado do primeiro até ao último quilómetro da estrada e não apenas nos sítios onde estão os pórticos», declarou hoje o secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, em Faro, no Algarve.