Este ano o preço das chamadas em roaming vai ser reduzido cerca de 77%, passando dos atuais cinco cêntimos por minuto para 1,14 cêntimos por minuto, de acordo com as regras definidas pela Comissão Europeia. 

Segundo o comunicado da Autoridade Nacional de Comunicações, ANACOM, o preço das chamadas feitas em roaming vai passar a ser o preço praticado no país de origem do consumidor, acrescido de uma sobretaxa de cinco cêntimos. O mesmo se aplica ao tráfego de dados, ao qual serão acrescidos cinco cêntimos por megabite. No caso dos SMS – mensagens de texto – o preço vai ser também o aplicado no mercado doméstico acrescido de uma taxa de dois cêntimos.

As novas regras vão entrar em vigor no dia 30 de abril de 2016 e permanecem até 15 de junho de 2017, segundo a ANACOM. A partir do próximo ano,  não será cobrada qualquer taxa adicional a um cliente que esteja em qualquer país da Europa. As chamas em roaming, o envio de SMS ou a utilização do serviço de dados vão custar apenas o preço retalhista doméstico.

A ANACOM alerta ainda que o Regulamento permite que os operadores apliquem uma “política de utilização responsável”. Nos casos em que sejam verificados abusos poderá ser cobrada "uma pequena taxa", que "não pode ser  superior ao limite máximo das tarifas grossistas que os operadores pagam pela utilização das redes de outros países da UE". 

Os limites daquilo que é considerado razoável serão definidos a 15 de dezembro de 2016.