Até ao final de novembro, foram devolvidos mais de 208 mil cheques por falta de provisão, num total de 633,4 milhões de euros, de acordo com dados divulgados pelo Banco de Portugal esta quinta-feira.

Segundo o Boletim Estatístico de dezembro, publicado pelo Banco de Portugal, tanto o número de cheques que foram devolvidos por falta de cobertura como o montante em causa caíram nos primeiros dez meses de 2013 face ao mesmo período de 2012.

Entre janeiro e novembro de 2012 foram devolvidos 346,7 mil cheques que representavam um valor total de 1.015,1 milhões de euros.

Em 2012, foram devolvidos 370,7 mil cheques, num total de 1.083 milhões de euros, valores abaixo dos registados em 2011 (472,7 mil cheques devolvidos por falta de cobertura correspondentes a 1.665 milhões de euros).