A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) efetuou 474 detenções, instaurou 898 processos crime e 3.920 contraordenações no primeiro semestre deste ano, tendo fiscalizado 21.683 alvos em território continental.

Segundo informação hoje divulgada pela ASAE, em igual período foram detetadas um número total de 6.956 infrações, tendo as suspensões de actividades de estabelecimentos ascendido a 460.

Quanto às infracções de natureza criminal, o comunicado da ASAE destaca a exploração de jogos de fortuna ou azar fora dos locais legalmente autorizados, fraude sobre mercadorias e géneros alimentícios impróprios para consumo.

Das infracções de natureza contraordenacional detetadas, a ASAE aponta os incumprimentos dos requisitos gerais e específicos de higiene, falta de declaração Prévia, falta de Livro de Reclamações e falta de Controlo Metrológico, entre outras.

A ASAE sublinha que os níveis de operacionalidade mantém-se idênticos aos dos anos anteriores.