O presidente do Eurogrupo voltou a elogiar, no final da reunião dos ministros das Finanças da Zona Euro, os esforço feitos em Portugal para manter o Governo e lembrou que é importante manter a confiança já conquistada nos mercados.

«Apreciamos os últimos passos dados no sentido de manter a estabilidade do governo, que está agora sujeita à decisão do Presidente da República, mais tarde esta semana», afirmou Jeroen Dijsselbloem, no final da reunião, em Bruxelas, a primeira com Maria Luís Albuquerque como ministra das Finanças de Portugal.

«Um consenso político e social alargado é, na nossa opinião, um ativo importante para o programa» e «a continuação da estabilidade política é essencial em particular na situação atual», acrescentou.

Lembrando os «sacrifícios feitos pelos portugueses», o presidente do fórum dos ministros das Finanças do euro sublinhou que esses sacrifícios e «a ligeira recuperação da confiança dos mercados não devem ser postos em causa».