O Fisco promete apertar o controlo aos pedidos de reembolso do IVA. Vão estar no terreno inspetores  com a missão de apurar aumentos injustificados de pedidos e montantes de devolução do imposto entre as empresas.

O reforço da investigação consta de um despacho a que o "Jornal de Notícias" teve acesso e que noticia na sua edição desta segunda-feira.

O pedido da devolução do IVA pago a mais pelas empresas ocorre quando uma empresa tem um valor de IVa inferior, em vendas, às compras que realiza. Normalmente, as empresas exportadoras ou aquelas que tenham feito investimentos encaixam nesta situação. 

Mas depois existem outras que tentam enganar o Fisco, ao pretenderem uma devolução maior do imposto do que aquela a que têm direito. 

A partir do início de 2015, os reembolsos do IVA passaram a ficar automaticamente suspensos caso as empresas estejam em incumprimento nos pagamentos por conta, no IRC ou na entrega das retenções na fonte de IRS.