O Governo, desta vez pela voz do ministro Poiares Maduro, garante que está «plenamente comprometido» com a redução do défice orçamental para os 4,4% do PIB, no próximo ano.

De acordo com uma declaração à Reuters, o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional diz que Portugal «continua plenamente comprometido» em cumprir as obrigações que definiu com a troika, tanto para este ano como para o próximo.

O Governo está a preparar o Orçamento do Estado para 2014, tendo por base o corte na despesa de 3,6 milhões a que se comprometeu com a troika.

A troika regressa a Portugal no próximo mês, no âmbito da oitava avaliação ao programa de assistência financeira.