A confiança empresarial na Alemanha aumentou inesperadamente em abril, apesar da crise da Ucrânia e das tensões internacionais com a Rússia, que não travaram as perspetivas dos empresários alemães.

O Instituto de Investigação Económica alemão (Ifo) informou hoje que o índice de confiança empresarial na Alemanha melhorou em abril para 111,2 pontos, contra 110,7 em março.

Depois do anúncio do índice, o euro subiu de 1,3820 dólares no início da sessão de hoje para 1,3837 dólares.

«As empresas olham de novo com mais confiança para as perspetivas empresariais. Apesar da crise na Ucrânia, impõe-se um estado de ânimo positivo», afirmou o presidente do Ifo, Hans-Werner Sinn.

O índice de confiança empresarial na Alemanha que tinha caído em março, mantém-se acima dos 100 pontos desde março de 2010.

O último retrocesso do índice antes da queda do mês passado tinha ocorrido em outubro de 2013.

Para considerar que se está a registar uma mudança da tendência da confiança empresarial, os peritos consideram que deve ocorrer uma mudança do indicador em três meses consecutivos.

O índice de confiança empresarial Ifo é calculado com base nas respostas de cerca de 7.000 empresas dos sectores industrial, da construção e de vendas de grossistas e a retalho.