No final de setembro, o total do crédito concedido a particulares pelos bancos a operar em Portugal ascendia a 122.087 milhões de euros, um acréscimo de 13 milhões em relação ao mês anterior.

Em setembro, o bolo total do financiamento para a compra de casa, segundo a imprensa económica, cresceu 62 milhões de euros, para 100.388 milhões. Uma subida à qual já não se assistia desde março de 2011.

Desde o início do ano e até agosto os bancos a operar em Portugal concederam um total de 2.387 milhões de euros em novos empréstimos para a compra de casa, uma subida de 68% face ao período homólogo.

No crédito ao consumo registou-se uma tendência negativa, um recuo de três milhões de euros, para se fixar em 11.984 milhões no final de setembro.