O primeiro-ministro disse hoje que o crescimento do turismo verificado este ano no Algarve deve servir como incentivo para ir mais além, nomeadamente com a diversificação da oferta para que a atividade se prolongue durante todo o ano.

"O Algarve não pode ser só destino de verão, tem de ser ambição para os 365 dias do ano", disse António Costa, durante a inauguração do Hotel Pestana Race, junto ao Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Na opinião do primeiro-ministro, "é preciso conquistar novas rotas, mais turistas, diversificar a oferta e prolongar a atividade na região algarvia mais dias por ano".

"Certamente que este crescimento é mérito dos operadores turísticos, mas estas notícias não nos devem conformar, mas sim, um incentivo para ir mais além", destacou António Costa.

O primeiro-ministro recordou que o turismo "é hoje um dos componentes fundamentais da economia, indicando que o setor representou seis por cento do Produto Interno Bruto e seis por cento das exportações portuguesas".

O Hotel Pestana Race & Resort é a 13.ª unidade hoteleira do grupo na região algarvia, onde se inclui um hotel com 75 quartos e 96 apartamentos, cuja decoração é inspirada no desporto automóvel.

Trata-se da terceira unidade hoteleira aberta pelo grupo no espaço de um ano no Algarve, depois dos hotéis Alvor Praia e South Beach, num investimento superior a 20 milhões de euros.

De acordo com o presidente da comissão executiva do Grupo Pestana, José Theotónio, o grupo gere atualmente 11 mil quartos e emprega cerca de 1.100 pessoas nas 13 unidades do Algarve, prevendo a abertura de uma nova unidade em 2019.

"Trata-se do projeto Quinta da Amoreira, em Alvor, no concelho de Portimão, especialmente dirigida para as famílias", disse aquele administrador.

"O Algarve é uma região com potencial para crescer ao nível da oferta, daí o investimento no projeto Quinta da Amoreira, uma área com 12 hectares, onde prevemos construir um Hotel Retail Resort, cuja abertura deverá ocorrer em 2019", indicou.

Segundo José Theotónio, o total de investimentos em unidades hoteleiras em Portugal e no estrangeiro, é de cerca de 55 milhões de euros, nomeadamente em Amesterdão, Bahia Palace nos Açores, em Nova Iorque e os Pestana CR7, quer o do Funchal quer o de Lisboa".

A nova unidade hoteleira foi hoje inaugurada pelo primeiro-ministro, acompanhado pelo ministro da Economia e pela secretária de Estado do Turismo.