Um inquérito, hoje divulgado, revela que os portugueses poupam energia para reduzir a fatura e estão indisponíveis para pagar mais por um produto com materiais reciclados, apesar de em casa separarem papel, vidro e plástico.

O estudo "Consumo Consciente: Perceção do Consumidor Português" é apresentado hoje na 2.ª Conferência Fórum do Consumo, em Lisboa, e pretende avaliar o que sabem os portugueses sobre consumo consciente, responsável e sustentável.

Realizado pela empresa de estudos de mercado GfK Metris, entre 07 e 18 de março, o inquérito abrange 1.208 pessoas residentes em Portugal continental, com idade igual ou superior a 18 anos.

A maioria dos inquiridos (66%) considera importante a poupança energética, evitando mais deixar luzes acesas e menos desligar os eletrodomésticos ou poupar na água.

É mais o preço das faturas a pagar (71%), e menos o combate à poluição (43%) ou a conservação do planeta (30%), que leva os participantes no estudo a pouparem nos consumos energéticos.

Mais de metade (61%) entende que a reciclagem é muito importante, com mais de 40% a defenderem que deveria haver incentivos à população para se fazer reciclagem e serem distribuídos recipientes próprios para o efeito. Apenas uma minoria (9%) acha que os ecopontos existentes são suficientes.

Apesar de separarem em casa sobretudo papel (86%), vidro (85%) e plástico (78%), as pessoas auscultadas no estudo de opinião estão pouco dispostas a pagar mais por um produto que use materiais reciclados (8%) e a comprar bens com embalagens recicláveis ou biodegradáveis (9%).

Quase metade (47%) nunca encaminha resíduos de equipamentos elétricos ou eletrónicos para reciclagem, com as lojas a encabeçarem a lista de canais apontados para a sua recolha. Os bombeiros aparecem também na lista, muito embora o número residual de respostas (0,4%).

Quando compram um eletrodoméstico, apenas três em cada dez inquiridos têm em conta a sua eficiência energética.

Segundo o estudo, os portugueses sabem muito pouco sobre o que é consumo consciente, sustentável e responsável.

O Fórum do Consumo é uma organização que se propõe analisar e debater a temática do consumo.

O programa da 2.ª Conferência Fórum do Consumo inclui intervenções sobre consumo solidário, sustentável e na geração sénior.