A Comissão Europeia impôs à Google uma multa de 4.300 milhões de euros.

É a maior multa de sempre aplicada por Bruxelas. A Comissão entende que a Google abusou da posição dominante do sistema operativo Android, utilizado em mais de 80% dos smartphones.

Para Bruxelas, a empresa norte-americana utilizou métodos ilegais para afastar a concorrência e, desta forma, prejudicou os consumidores europeus.

O castigo de hoje soma-se à multa de 2.400 milhões de euros decidida no ano passado, por abuso no mercado de buscas na internet.

Ao todo, a comissão aplicou à Google multas superiores a 6.000 milhões de euros. 

Google vai recorrer

Entretanto,  a Google já disse que vai recorrer, segundo fonte oficial da tecnológica norte-americana, citada pela Lusa.

"O Android criou mais escolha para todos, não menos. Um ecossistema vibrante, inovação rápida e queda dos preços são sinais clássicos de uma concorrência robusta", disse fonte oficial da tecnológica.

O sistema Android é usado por praticamente todos os fabricantes de smartphones, sendo o também gigante Apple a principal exceção.