Portugal tem um índice de consumo individual efetivo 24% abaixo da média da União Europeia (UE), segundo dados de 2013, divulga esta quarta-feira o Eurostat.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, Portugal apresenta um nível de consumo individual efetivo de 76%, ficando no mesmo grupo da Lituânia, Eslovénia, Polónia, Eslováquia e República Checa ¿ o dos países entre 20% e 30% abaixo da média da UE (100%).

Com níveis até 10% abaixo da média da UE estão a Irlanda, a Itália, Chipre e a Espanha, enquanto Malta e Grécia estavam, em 2013, com um consumo individual entre 10% e 20% abaixo da média.

A Letónia, a Estónia, a Hungria e a Croácia registaram níveis entre 30% e 40% abaixo da média e a Roménia e a Bulgária com cerca de 50% menos.

No extremo oposto, o nível mais alto de consumo individual efetivo foi registado no Luxemburgo (38% acima da média da UE), seguindo-se a Alemanha (25% acima), Áustria, Suécia, Dinamarca, Bélgica, Finlândia, França e Reino Unido (entre 10% e 20% acima) e a Holanda (quase 10% acima da média da UE).

A zona euro, com 106% de consumo expresso em paridades de poder de compra, também está acima da média da UE.