O Governo aprovou hoje a passagem à fase de negociações de três dos quatro candidatos à privatização da CP Carga, empresa detida a 100% pela CP – Comboios de Portugal que se dedica ao transporte de mercadorias e de bens.

Em comunicado, o Governo anuncia que as propostas da Atena Equity Partners SCR, S.A., Cofihold Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A., e da Mediterranean Shipping Company Rail (Portugal) Operadores Ferroviários S.A contêm atributos que permitem presumir que possam ainda vir a ser melhoradas no decurso do processo negocial, propondo-se, em consequência, o convite dos respetivos proponentes para uma fase de negociações.

Pelo caminho ficou a proposta da Spring Watter Capital LLC, fundo de investimento com centros administrativos em Genebra e Luxemburgo.

A Cofihold pertence ao grupo que controla a Cofina, dono do Jornal de Negócios, Correio da Manhã e Sábado, a Altri e a F. Ramada (indústria), enquanto a MSC gere uma rede logística de contentores e é um dos principais clientes da CP Carga.

Já Atena é uma sociedade gestora de Private Equity portuguesa dedicada exclusivamente a investimentos em situações especiais.

A privatização da CP Carga estava prevista no programa de privatizações do Governo, que defende que a empresa de transporte de mercadorias não pode ser mantida na esfera pública.

A alienação da CP Carga prevê a venda direta de até 100 % das ações representativas do respetivo capital social e de uma oferta pública de venda destinada aos trabalhadores desta sociedade, de até 5 % do capital social daquela sociedade.